sábado, 9 de novembro de 2013

Desvendando a espuma: o enigma da classe média brasileira



A meritocracia esconde, por trás de uma aparente e aceitável “ética do merecimento”, uma perversa “ética do desempenho”. Numa sociedade de condições desiguais, pautada por lógicas mercantis e formada por pessoas que tem não só características diferentes mas também condições diversas, merecimento e desempenho podem tomar rumos muito distantes. O Mário Quintana merecia estar na ABL, mas não teve desempenho para tal. O Paulo Coelho, o Sarney e o Roberto Marinho estão (ou estiveram) lá, embora muitos achem que não merecessem

http://jornalggn.com.br/fora-pauta/desvendando-a-espuma-o-enigma-da-classe-media-brasileira#.Un1gzkIf1xk.facebook

Um comentário:

  1. Informo que o texto publicado do Professor e Pesquisador Renato Souza, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural (PPGExR) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS) é magistral. Ele encontra-se publicado na sua versão original dia 18 de Setembro de 2013 no seu facebook e autorizado para publicação no blog “Ezequiel Redin Online” no mesmo dia, no seguinte link: http://ezequielredin.blogspot.com.br/2013/09/desvendando-espuma-o-enigma-da-classe.html

    ResponderExcluir